COMO FUNCIONA UMA USINA DE ASFALTO

O que Faz uma Usina de Asfalto?

Como você já deve ter visto aqui no blog, a usina de asfalto é um espaço no qual, por meio de maquinários e ferramentas essenciais, é produzida a massa asfáltica. Esse processo consiste em dar uma nova forma à mistura de matéria-prima, a partir da dosagem, secagem e aquecimento dos agregados.

Existem diversos tipos de asfaltos e diferentes componentes que podem fazer parte da mistura final desse componente, desse modo, verifique abaixo, como funciona uma usina de asfalto antes que o produto chegue às estradas e rodovias.

Descubra Como Funciona uma Usina de Asfalto

A usina de asfalto realiza o serviço de usinagem, que consiste em dosar a quantidade de materiais do cimento asfáltico de petróleo e os agregados de minério, secando e aquecendo tais agregados, além de filtrar os gases liberados. 

Em centros de usina de asfalto, o serviço de usinagem toma como base uma característica própria dos ligantes asfálticos, a viscoelasticidade, ou seja, as temperaturas trabalhadas no serviço de usinagem e compactação são essenciais para que o processo de estruturação dos revestimentos desse material se integrem dando a viscosidade ideal a mistura.

Como citamos, para saber como funciona uma usina de asfalto, o primeiro passo é realizar a dosagem de agregados. Essa etapa serve para garantir que os agregados sejam misturados na quantidade adequada. 

Este processo é importantíssimo para que a usina de asfalto consiga produzir um asfalto de qualidade, por isso a fim de garantir com que os agregados tenham uma qualidade específica para cumprir com sua compactação, resistência e durabilidade é preciso utilizar-se da pesagem dinâmica.

Essa forma de dosar os agregados é muito utilizada em usinas de asfalto móveis com produção contínua, já que esse equipamento realiza a medição de carga e distribui a proporção dos materiais, garantindo a exatidão do traço da mistura asfáltica.

Já as usinas de asfalto fixas, por sua vez, fazem a dosagem por meio de peneiramento, desse modo os agregados são levados para o topo de uma torre, onde são separados e armazenados em compartimentos separados. 

Depois que os agregados estão devidamente dosados, secos e aquecidos, as usinas de asfalto misturam esse material com o ligante asfáltico para dar forma ao cimento asfáltico.

Conheça os Tipos de Asfalto

Asfalto CBUQ (convencional): Ideal para qualquer tamanho de obra e muito utilizado para todos os tipos de pavimentações, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Esse asfalto também é conhecido como concreto asfáltico, e é muito utilizado em pavimentação de estradas, com a função de impermeabilizar e conferir um acabamento nivelado e resistente às vias urbanas e rodovias.

RAPIDPAV (Asfalto Ensacado Estocável): Ideal para operações que se tratam apenas de reparos emergenciais, como operação de tapa buraco. Esse tipo de asfalto ensacado é um material rápido e eficaz, que permite que a área reparada seja liberada ao tráfego imediatamente, sem que o material seja arrastado pelos pneus. Isso porque o produto tem um alto padrão de qualidade e, por esse motivo, é durável e extremamente resistente.

Emulsão Asfáltica: A emulsão asfáltica é um produto cuja função é fazer a ligação da base com o novo asfalto, sendo uma espécie de cola para maior aderência. Assim, há facilidade de fornecimento em volumes menores.

COMO FUNCIONA UMA USINA DE ASFALTO
Rolar para o topo